Voltar para Home
 
 
  |  Necessidade de Tratamento  |   Documentação Ortodôntica   |   Fases do Tratamento Ortodôntico   |   Cuide bem do seu aparelho
 

Fases do Tratamento Ortodôntico

 

O tempo do tratamento ortodôntico depende de vários fatores como: biotipo, idade, sexo, tipo de má oclusão e vários outros fatores. Após a realização dos exames complementares (documentação ortodôntica) é possível fornecer uma previsão do tempo de tratamento para cada caso em particular.  

O tratamento ortodôntico é dividido em três fases básicas:  

  1. Instalação do Aparelho
  2. Manutenção
  3. Contenção  

1 - Instalação do Aparelho:  

Primeiro, você deverá realizar a documentação ortodôntica em um instituto radiológico especializado. Esta parte é fundamental para a qualidade do seu tratamento, pois apenas em posse da documentação ortodôntica seremos capazes de diagnosticar com precisão seu caso e oferecer a melhor solução.

Em seguida, faremos uma consulta para explanação do seu caso, onde daremos o diagnóstico encontrado e opções de tratamento. Nesta consulta orientaremos sobre tempo estimado de tratamento, prognóstico e orçamento para cada opção.

Uma vez tudo compreendido e aprovado o orçamento, o paciente ou os responsáveis (em caso de menor de idade), deverá preencher as fichas de autorização do tratamento denominado  termo de consentimento informado. O tratamento só será realizado após a autorização. Este é um procedimento de “praxe”, indicado pelas mais respeitadas entidades de Ortodontia do nosso país e do mundo, visando proteger tanto o profissional quanto o paciente.

Em casos de aparelho removível, poderá ser necessária uma nova moldagem dos dentes do paciente para confeccionar o modelo chamado “de  trabalho”, o qual será enviado para o laboratório para então produzir o aparelho indicado.

Por fim, faremos a instalação do aparelho, montando-o na arcada dentária, oferecendo-lhe toda a orientação quanto a higienização dos aparelhos e dentes, além dos cuidados necessários durante todo o tratamento com alimentação entre outros.

No caso de aparelho fixo, serão marcadas duas consultas. A primeira onde colocaremos borrachas separadoras nos molares, as quais visam criar espaço para colocação das bandas (anéis que irão nos molares) e em uma segunda consulta serão feitas bandas e colagem da arcada dentaria escolhida pela profissional dependendo do caso.

Nos primeiros dias, é normal que o paciente estranhe um pouco o aparelho. Normalmente o prazo de adaptação inicial é de uma semana.

Fica a encargo do paciente  escolher a cor preferida do elástico que faz parte do aparelho fixo, ou a cor do aparelho removível e da caixinha onde será guardado o aparelho removível.

Instalado o aparelho, passaremos a segunda fase.  

2 -  Manutenção:  

Nesta fase são feitos ajustes dos aparelhos e troca de fios ortodônticos, no caso de aparelhos fixo você precisará comparecer ao nosso consultório uma a duas vezes por mês. Mas cada visita sua será fundamental para vermos se tudo vai bem, conforme previsto, para corrigirmos alguns detalhes e fazer ajustes necessários.

Esperamos que suas visitas sejam agradáveis e que a sua convivência com as pessoas de nossa equipe seja bastante gratificante!

3 -  Contenção:  

Uma vez retiradas as bandas, brackets e fios, você estará quase pronto e entrará na última fase de tratamento que é muito importante.

Você deverá usar suas contenções assim que forem retirados os aparelhos ortodônticos, porque os dentes tentarão se mover para suas antigas posições. Para evitar que se movam, use as contenções pelo tempo determinado por nós. Veja abaixo conforme a arcada dentária:

  • Arcada Superior:

Arcada SuperiorAparelho removível – usar por um ano e meio após a remoção de todos os aparelhos da fase ativa do tratamento ortodôntico.

Retornos serão marcados neste período para diminuirmos pouco a pouco o uso diário deste aparelho visando proporcionar estabilidade ao tratamento realizado.

Os retornos são estimados para o primeiro mês após a colocação da contenção três meses após. Após seis meses e após um ano para verificar estabilidade dos dentes nas arcadas.

Apesar das consultas agora serem menos freqüentes, continuam sendo de muita importância.

  • Arcada Inferior (contenção fixa 3x3):

Arcada Inferior.A literatura mostra que o local da arcada dentária que mais acontece recidiva, é na região anterior inferior. Devido ao movimento chamado mesialização tardia dos dentes, ou seja, os dentes tendem a vir pra frente com o tempo.

Além disso ocorre na arcada inferior uma espécie de “encaixotamento”. A mandíbula continua a crescer e a maxila para de crescer, ocorrendo então o dito “encaixotamento” onde a maxila “trava” o crescimento da mandíbula.

Além disso, há linhas de estudo que defendem a influência dos dentes do ciso no posicionamento dos dentes anteriores inferiores, alegando que empurram os dentes para frente.

O estudo de minha monografia foi a respeito disto e verifiquei que o que ocorre são vários fatores ao mesmo tempo que acabam por aumentar o apinhamento dos dentes  na região anterior inferior com o tempo não podendo somente ser colocado o dente do ciso como principal fator, mas também em função do crescimento, mudanças de ocorridas com o tempo até mesmo na (oclusão) mordida, por restaurações novas ou outros procedimentos realizados pelo dentista. Por estas razões é prudente deixarmos a contenção inferior por mais tempo que a superior.

Dra. Cristhiane D. da Silva

 
 
 
 
 
Home
A Clínica
Ortodontia
Dra. Cristhiane
Casos Clínicos
Primeira Consulta
Acompanhamento Informatizado
Agendamento de Consultas
Dicas
Notícias
Glossário
Contato
 
 
Rua Presidente Nereu Ramos, 19, Sala 303
Centro - Florianópolis - SC - CEP 88015-010
(48) 3364.4474
cdsilva@terra.com.br
     
 
Cadastre-se para receber nossos informativos:
 
© 2011 . CDS Ortodontia . Todos os direitos reservados.